Madeira confere elegância a diversos ambientes
A madeira tem sido cada vez mais valorizada nos ambientes residenciais – aquela retirada de antigas construções. O material ganha vida nova ao ser transformado em móveis, pisos, revestimentos e até objetos de decoração. Ressalte que o reaproveitamento leva, além da beleza, o lema da sustentabilidade para dentro de casa.

A madeira pode ser empregada em todo tipo de ambiente, garante a arquiteta Kátia Costa. Segundo ela, pode levar a vários estilos: desde um ambiente despojado aos sofisticados, criando aconchego e elegância. Então, para quem quer utilizar madeira como revestimento ou em móveis, a dica da arquiteta é procurar um bom profissional, que compreenda o projeto e faça um excelente acabamento.
Além disso, a madeira na decoração, independentemente do estilo do ambiente, humaniza. A peroba rosa, por exemplo, é uma madeira nobre que rende excelentes e duradouros móveis. Isso porque é uma árvore que permitia corte de 40 metros retilíneos e era encontrada abundantemente. Por isso, os imóveis eram todos de peroba rosa.
É notório o aumento da procura por móveis de madeira nos últimos anos. Na verdade, trata-se de uma tendência duradoura. Mesmo que sejam apenas algumas peças, a madeira valoriza o ambiente, dá outro tom à decoração e pode ser empregada com outros materiais, como vidro ou alumínio para a confecção de móveis. E o bacana é que é possível dar à madeira nova vida em móveis que atendem os anseios dos clientes.
Os principais produtos de madeira continuam sendo mesas, cadeiras, aparadores e armários. Mas a decoração tem empregado o material também como revestimento do chão ao teto, em painéis para sala, cozinha, lavabo, e até em sacadas e áreas de lazer com churrasqueira. Destaque que há pelo menos cinco anos, todas as mostras e eventos de decoração têm dado destaque à madeira.
Móvel chique
Os móveis de madeira, apesar disso, não são caros. Isso porque o preço das peças é compensado pela exclusividade, qualidade de acabamento e durabilidade do material, que pode inclusive ser passado de geração para geração. Afinal, a madeira nunca sai de moda. É só observar como os móveis das fazendas agora estão em todas as casas e apartamentos – e por todos os ambientes.
Fonte: Jornal da cidade - adaptado